Alvarez & Marsal compra consultorias Terrafirma e Athena para ser a maior do setor de infraestrutura

da Agência iNFRA

A Alvarez & Marsal comprou duas consultorias com atuação em infraestrutura, a Terrafirma e a Athena, informou a empresa em comunicado na última terça-feira (11). Com isso, a empresa criou uma nova operação, a A&M Infra, e informa que ela passa a ser a maior consultoria de infraestrutura do país, com mais de 300 projetos em andamento e 500 profissionais.

Em entrevista à Agência iNFRA, Marcos Ganut, diretor global de infraestrutura da A&M no Brasil, contou que a operação de infraestrutura da multinacional (mais conhecida aqui pelas consultorias empresariais em fusões, aquisições e recuperação) foi estruturada no Brasil para ser uma plataforma global.

As operações foram crescendo a partir dessa plataforma primeiro para negócios nos EUA e no Oriente Médio. A partir do fim da pandemia de Covid-19, os negócios se expandiram para Austrália, Canadá, Europa e América Latina em operações nas áreas de mineração, energia, logística e outras.

A estratégia de passar a fazer o crescimento com as novas empresas, segundo Ganut, reforçará a operação no Brasil em áreas em que a Terrafirma já tem grande experiência, como portos, aeroportos, ferrovias e telecom, além da Athena, na área de disputas.

“Trouxemos um time de craques, muito respeitados no setor, para combinar com o time de craques que tínhamos aqui”, afirmou Ganut, informando que desde 5 de abril as empresa já trabalham juntas no processo de fusão.

O diretor global de infraestrutura da companhia revelou ainda que o crescimento da A&M Infra será focado em quatro pilares no Brasil. O mercado de saneamento será alvo das ações da empresa, devido à grande expectativa de investimentos para o setor nos próximos dez anos.

Novas aquisições
A experiência da Terrafirma também vai ser usada para seguir avançando com projetos na área de logística nos diversos modais, que para ele vão seguir demandando devido ao crescimento do setor do agronegócio no Brasil. 

Além desses, a empresa vai seguir com forte atuação na estruturação de projetos de energia, especialmente nos que tratam de projetos em transição energética, e também em negócios de commodities, como a mineração.

Ganut afirmou ainda que a estratégia é seguir com crescimento também internacional e há pelo menos duas transações semelhantes à realizada com a Terrafirma e a Athena em avaliação com companhias de fora do país. Segundo ele, a A&M no Brasil vai seguir sendo a plataforma global da multinacional para o setor.

Tags:

Assine nosso Boletim diário gratuito

e receba as informações mais importantes sobre infraestrutura no Brasil

Cancele a qualquer momento!

Solicite sua demonstração do produto Boletins e Alertas

Solicite sua demonstração do produto Fornecimento de Conteúdo

Solicite sua demonstração do produto Publicidade e Branded Content

Solicite sua demonstração do produto Realização e Cobertura de Eventos