Retomada do investimento público em infraestrutura e crescimento da economia marcam compromissos de candidatos em evento da Abdib

da Agência iNFRA

Uma agenda com propostas para a infraestrutura foi apresentada pela Abdib (Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base), na última segunda-feira (29), aos candidatos e representantes de candidaturas à Presidência da República nas eleições de 2022. A associação estruturou quatro temas importantes para serem endereçados nos primeiros 100 dias de governo, começando pela definição de uma estratégia de desenvolvimento, que estabeleça as prioridades para a retomada do crescimento do país, e passando pela necessidade das reformas do Estado – orçamentária, tributária e administrativa.

Uma política para a recuperação da indústria é outro ponto destacado pela Abdib, além da conclusão de votações de matérias importantes para o setor no Congresso Nacional, que tratam de temas como as debêntures de infraestrutura, regras para concessões, normas de licenciamento ambiental, procedimentos para securitização da dívida tributária, a fim de impulsionar os investimentos, modernização do setor elétrico e regras para substituição de diretores em agências reguladoras, entre outras propostas.

A Agenda de Propostas para a Infraestrutura 2022, elaborada pela associação, foi entregue pelo presidente do Conselho de Administração da Abdib, André Clark, e pelo presidente-executivo, Venilton Tadini, aos candidatos e representantes de candidaturas que participaram do Abdib Fórum 2022 – Agenda da Infraestrutura com Presidenciáveis, em São Paulo (SP). O documento pode ser obtido neste link.

Compareceram ao evento Geraldo Alckmin (PSB), candidato a vice-presidente na chapa de Lula (PT), Ciro Gomes, candidato à Presidência pelo PDT, Germano Rigotto, representante da candidatura de Simone Tebet (MDB), e Felipe d’Avila, candidato do Novo. Convidado, o candidato do PL, o presidente da República, Jair Bolsonaro, não compareceu ao evento e não enviou representante.

Os participantes reforçaram seus compromissos de investimentos no setor de infraestrutura, com ampliação do gasto público para essa finalidade, mas em parceria com a iniciativa privada. Também discutiram os temas relacionados à proteção ao meio ambiente e ao processo de desindustrialização do país.

Preocupação dos presentes, o candidato Ciro Gomes e o candidato a vice na chapa do PT, Geraldo Alckmin, garantiram não haver proposta para reestatização de estatais, tendo Alckmin citado diretamente o caso da Eletrobras. Já o candidato Felipe d’Avila apontou que a privatização é o caminho para todas as empresas estatais. Rigotto informou que, se eleita, Simone fará uma avaliação criteriosa de todas as estatais e subsidiárias.

A preocupação com a retomada do investimento público também esteve presente nos discursos de Alckmin, Ciro e Rigotto, todos prometendo revisões nas regras do teto de gastos, mas também ressaltando a necessidade de compromisso com a responsabilidade fiscal. Já o candidato do Novo disse que é preciso reforçar o teto de gastos.

Tags:

Compartilhe essa Notícia
Facebook
Twitter
LinkedIn

Inscreva-se para receber o boletim semanal gratuito!

Inscreva-se no Boletim Semanal Gratuito

e receba as informações mais importantes sobre infraestrutura no Brasil

Cancele a qualquer momento!

Solicite sua demonstração do produto Publicidade e Branded Content

Solicite sua demonstração do produto Realização e Cobertura de Eventos

Solicite sua demonstração do produto Boletins e Alertas

Solicite sua demonstração do produto Fornecimento de Conteúdo