Terminal de contêineres da BTP retoma operação em berço interditado desde janeiro

da Agência iNFRA

A BTP (Brasil Terminal Portuário) informou nesta segunda-feira (1º) a retomada das operações de embarque e desembarque no berço 1 de atracação do terminal de contêineres, no Porto de Santos (SP). A movimentação de contêineres estava interditada desde 19 de janeiro, após incidente causado por ventania. O berço de atracação danificado foi reconstruído.

“Com a finalização desta obra […], podemos avançar de forma integral nos preparativos para a ampliação da capacidade de cais do terminal”, disse o CEO da companhia, Ricardo Arten, em um comunicado da companhia. A previsão é de aumentar em 40% a capacidade de operação nos próximos anos, com investimentos de R$ 1,9 bilhão, os quais incluem a aquisição de quatro STS (Ship to Shore/Portêiner) e novas defensas.

O incidente no terminal da BTP se soma a uma série de fatores que, de acordo com a APS (Autoridade Portuária de Santos) e parte dos operadores do porto, explicaria a migração desse tipo de carga para portos de outras regiões, como mostrou a Agência iNFRA. Segundo outras avaliações, o problema da falta de capacidade em Santos seria estrutural (leia a íntegra da reportagem neste link).

Na nota da BTP, o diretor de Operações, Ricardo Trotti, afirma que, durante as obras, todos os equipamentos de operação foram destinados aos outros dois berços, que seguiram “em plena capacidade de operação”. O berço em reparo foi usado para antecipação de troca de navios, o que, segundo Trotti, “permitiu o menor tempo de espera de embarcações no cais da BTP”.

Tags:

Inscreva-se no Boletim Semanal Gratuito

e receba as informações mais importantes sobre infraestrutura no Brasil

Cancele a qualquer momento!

Solicite sua demonstração do produto Publicidade e Branded Content

Solicite sua demonstração do produto Realização e Cobertura de Eventos

Solicite sua demonstração do produto Boletins e Alertas

Solicite sua demonstração do produto Fornecimento de Conteúdo